O que eu preciso aprender com o trauma da Covid

Quanto de traumas só em ouvir essa palavra nos remete, não é?

São tantas situações traumáticas que vivenciamos e só quem passou por uma COVID com sintomas moderados a fortes sabe o que é e como é:

-  A prostração, a fraqueza absurda que não conseguimos nem nos levantar para abrir uma porta ou ainda nem segurar um celular para dizer: “- Oi, fiquem tranquilos, eu estou sendo bem atendido (a) aqui no hospital, recebam meu amor sempre!”

- O incômodo de não conseguir respirar, a febre intermitente, as dores nas juntas “desconjuntando” tudo, que só dá vontade de ficar quietinho(a), sem ninguém, só esperando passar esse momento de desolamento... 

São mil pensamentos de medo ou de tristeza, de frustração, de raiva, de desamparo, que nos sentimos sem vontade de lutar, mas mesmo assim não desistimos nunca, mesmo sem forças, prosseguimos, pois há uma luz MAIOR que nos envolve no pior momento, que acalenta nossa alma, até sentimos entes queridos que já partiram ao nosso lado, velando por nossa saúde, pegando em nossas mãos, acalentando nosso coração:

“- Não estamos sozinhos não!”

Tenho muitos relatos de clientes meus que passaram por cada um desses sentimentos acima citados e digo, é uma sensação de impotência por não poder fazer nada, além de confiar e se entregar verdadeiramente aos cuidados desses anjos abençoados que Deus nos deu para cuidarem de nós desde os primeiros sintomas.

Eu quero dizer algo a vocês: agradecer o aprendizado que essa doença nos trouxe. De acordo com as constelações, olhar para a COVID e dizer:

“- COVID querida, aprendi e continuo aprendendo muito com você, eu olho com muito amor a você, por favor, olhe com amor para mim também, libertando a mim e a todos que sofreram com sua dor.

Eu sinto muito que foi e está sendo assim, existe uma justa razão para que você esteja aqui na Terra nos ensinando, nos burilando, nos direcionando a algo maior, mesmo que eu ainda não entenda, mas levarei todo o aprendizado que você está querendo me ensinar para me tornar uma pessoa melhor; eu sou grato(a) e, por favor, me abençoe;  me curo e me liberto. Obrigada!

Faz uma reverência profunda a ela que te fez ser quem você é e se tornou e segue agora seu caminho, mais leve e em paz!”

Chico Xavier sempre falava: “- Isso também passa.”

Sim, isso também passa, portanto receba eflúvios de amor e coragem para prosseguir e confie, com carinho, Liz.

 

Palavras-Chave: Covid; Traumas; Superação; Agradecimento

Leia Tambem

Escrito por Lizamar Rodriguez

Publicado em

Tags

Psicologia

Sugerimos que você também leia estes